sábado, 6 de dezembro de 2008

Futebol: a contabilidade não fecha

Vou fazer uma conta, para ver se futebol é ou não viável. Tomo por base um time que se encontra na segunda divisão, almejando acesso para a primeira, e manter-se na divisão de topo com a mesma base de jogadores.

Pessoal (mínimo do mínimo...):
Quantidade de jogadores: 28
Comissão técnica: 1 treinador, 1 treinador de goleiros, 1 roupeiro, 2 (ou 3) serviços gerais
Comissão médica: 1 médico, 1 enfermeiro, 1 fisioterapeuta, 1 massagista, 1 nutricionista
1 gerente de futebol, 1 olheiro

Despesas por jogo como mandante:
Aluguel do estádio
Aluguel de uma ambulância
Bilheteiros e gandulas
Comissão para PM
Agrado para juízes
4 bolas novas, água e bebida repositora de sais minerais
Concentração num hotel local
Despesas por jogo como visitante:
Aluguel de um ônibus (ou passagens de avião)
Refeição e lanches
Pernoite

Outras despesas:
Aluguel de um alojamento para jogadores
Refeição diária
Lavanderia
Condução para translado da equipe para diversos campos de treinamento
Remédios e hospitais
Manutenção da sala de ginástica com aparelhos
4 conjuntos de uniformes oficiais + 4 conjuntos de uniformes para treinamento (camisa, calça, meias, e colete, sem chuteiras) e eventuais reposições
Diversas (taxas, multas eventuais, despesas com viagens dos dirigentes e gerente, etc...)

Digamos que um time com pretensões de subir e ficar na Série A1 do futebol paulista necessite de pelo menos 4 jogadores (um atacante, um meia, um zagueiro e um goleiro) não-top mas de 1ª grandeza, com salários em torno de 25.000 (=100.000), mais 6 jogadores "realmente" bons com salários em torno de 10.000 (=60.000), e resto (18) com salário em torno de 6.000 (=108.000) O que perfaz 268.000, só com jogadores.

Um técnico não-top da série A1 deve estar ganhando em torno de 30.000; treinador de goleiro uns 15.000; roupeiro e ajudantes não devem ganhar mais que 2.000 cada. A comissão técnica vai onerar em 51.000

Um médico especializado em atletas deve ganhar cerca de 15.000; enfermeiro, fisioterapeuta e nutricionista devem somar cerca de 15.000. A despesa com comissão médica é da ordem de 30.000.

O gerente de futebol deve ganhar 15.000 e um olheiro uns 5.000 mais despesas de viagem e comissão para indicação de bons jogadores contratados, o que soma 20.000 mais despesas (mas esse valor se somará à despesas diversas).

A folha de pagamento com pessoal é de 369.000. Calculando encargos trabalhistas em cerca de 80% (=300.000) a despesa total com pessoal é de aproximadamente 670.000.

Despesa por jogo:
Aluguel de ambulância=1.000; aluguel do estádio=2.000; comissão para bilheteiros, gandula, PM e juízes devem somar cerca de 2.000; as bolas e bebidas devem custar ao todo uns 600. O que dá cerca de 6.000 por jogo. A concentração é para os 18 jogadores escalados mais os dois técnicos. Então, são 20 pernoites no valor de digamos 100,00 (há que negociar...) o que dá mais 2.000 por jogo. Considerando-se 4 jogos no mês, 32.000 é despesa mensal como mandante.

Despesa como visitante:
Essa despesa varia conforme a distância... Vamos considerar a pior hipótese, e viajando de ônibus. Sabe-se que as empresas de ônibus cobram cerca de 10,00 por km rodado; considerando uma distância máxima de 700 km, o aluguel do ônibus será de 14.000 (ida e volta). Serão 18 jogadores, mais os técnicos, um ajudante, e médico e massagista. Serão hospedagem para 24 pessoas (incluindo o motorista) num hotel de 2ª, com diária de 120,00 por pessoa, o que dá cerca de 3.000 por viagem. Vou considerar para alimentação 4 refeições e dois lanches, valendo 20,00 por refeição e 10,00 por lanche, ou 100,00 por pessoa. Isso perfaz 2.400 em alimentação por viagem. O custo total da viagem assim é 19.400. Com 4 jogos fora, isso representa 77.600 por mês, mas como haverá viagens mais curtas, vamos estimar em 70.000

Total de despesas com jogos durante o campeonato é de cerca de 102.000 por mês.

Outras despesas:

As despesas que se tem rigorsamente todo mês são com a hospedagem, refeições, translado e lavanderia; despesas com viagens também pode se estimar um valor mensal. Os unformes são despesa anual com eventuais reposições, e manutenção da sala de ginástica é pequena se comparada com outras despesas.

Hospedagem: não há casa que comporte 28 jogadores, mesmo uma mansão. De duas uma, ou contrata um hotel da região ou aluga alguns apartamentos num pequeno prédio. Hotel tem custo elevado, mas tem a vantagem de não ter de investir nos móveis; os apartamentos com 2 quartos comportaria 4 jogadores e nos de 3 quartos cabem 6. Assim, 4 apartamentos de 3 quartos mais um de 2 comporta toda a equipe. Aluguel de um apartamento de 3 quartos deve custar 500,00 e o de 2 quartos 400,00. mais o condomínio, que deve ser cerca de 200,00 por unidade, o que soma 3.400 (sem contas de eletricidade e investimento com móveis, custo do café da manhã e lavanderia...). Já num hotel, considerando-se que é hospedagem por tempo "indeterminado", presumo que é possível negociar a diária para um valor razoável, digamos 40,00 por dia por jogador. O que dá 33.600 ao mês... Mais barato alugar apartamentos!

Refeições: são 2 refeições completas por dia para os 28 atletas; e supondo que jogadores ficarão nos apartamentos, tem mais o café da manhã também completo. Isto representa 1.680 refeições e 840 cafés-da-manhã por mês. Terceirizando-se uma cozinha industrial (ou um restaurante com capacidade ociosa para fornecimento de refeições com o cardápio elaborado pelo nutricionista do clube) o preço de uma refeição deve girar em torno de 10,00 e café da manhã, completo, também. A soma chega a 23.200 ao mês.

Lavanderia: mesmo que os jogadores tragam a sua roupa de cama e banho, a lavanderia, além de lavar diariamente os uniformes, não deve se furtar de lavar essas roupas dos atletas. As lavanderias industriais cobram por peça lavada, mas digamos que se possa realizar um contrato de terceirização e se pague um valor fixo ao mês. Chutando 100, 00 ao dia essa lavanderia se encarregaria de lavar e eventualmente cerzir os uniformes todos os dias, além de lavar as roupas de cama e banho dos jogadores. Esse contrato equivale a 3.000 ao mês. (O roupeiro ficaria ainda com a tarefa de lavar e cuidar das chuteiras dos jogadores...)

Condução para translado: considerando-se que um ônibus com motorista alugado para levar e trazer a equipe cobre o mesmo de um ônibus transmunicipal, ou seja, 10,00 por km rodado, e considerando-se que se roda em média 40km ao dia, esse aluguel deve custar ao clube 12.000 ao mês.

Despesas diversas: vou incluir aqui os gastos com pomada para contusões e eventuais remédios, despesas com manutenção dos aparelhos de ginástica, eventuais taxas e multas à Federação, comissão para olheiro, etc. Estou estimando todas essas despesas em cerca de 3.000 ao mês em média. (Claro que vai variar muito, de mês para mês.) As despesas com viagens do olheiro, gerente e dirigentes devem somar cerca de 300,00 por dia a cada viagem. Se, na média, houver um funcionário viajando a cada dia, serão 9.000 ao mês. O total de despesas diversas será então de 12.000.

Os uniformes são cálculo à parte. Sem considerar que haverá um patrocinador doando esses uniformes, o conjunto completo de um uniforme deve custar, no máximo, 200,00. Se cada jogador recebe 4 conjuntos oficiais (2 com a cor "de casa" e 2 com cor alternativa) e mais 4 conjuntos para treino, com colete, serão 8 conjuntos por jogador, o que dá 224 conjuntos que valem ao todo 44.800. (Não vou incluir chuteiras, que cada jogador deve trazer a sua.) Diluindo-se essa despesa que é anual em 12 meses, o equivalente mensal será de 3.733, ou arredondando, 4.000

A soma de todas essas despesas será:

Folha de pagamento, com encargos: 670.000,00
Despesas com jogos (apenas durante o campeonato - 8 meses ao ano): 102.000
Moradia: 3.400
Refeição: 23.200
Lavanderia: 3.000
Condução: 12.000
Diversos: 12.000
Uniformes: 4.000

Total: 829.600,00 durante as competições, ou 727.600,00 nos meses fora da competição.
----------------

Mas, durante os meses em que há jogos, existe a compensação da bilheteria. O ingresso inteiro de um campeonato da série A2 custa 10,00 e meia-entrada custa 5,00. No ano em que se busca a ascenção, não há como esperar um público muito grande, embora nos jogos finais - com esperança de acesso - esse número deva aumentar. Digamos que tenhamos em média 3 mil torcedores (que otimismo...!) nos 4 jogos em casa e metade pagando inteiro. Essa bilheteria rende 22.500 por jogo e 90.000 num mês. Já na série A1, o valor do ingresso dobra e o número de espectadores também, principalmente quando se vai jogar contra times grandes da Capital. Vamos estimar que tenhamos em média 6 mil torcedores nos estádios (nos jogos contra os grandes, teríamos mais de 10 mil mas contra os pequenos...). Isso rende ao clube 90.000 por jogo e 360.000 por mês. Ufa, já paga 40% das despesas...! E também tem o recurso da Federação repassado aos clubes no início de cada ano. É o direito à transmissão que as TVs pagam à Federação. No caso dos campeonatos da série A2, sei que o meu clube recebe em torno de 20.000. Não sei quanto se ganha um clube da série A1. Mas, no caso de clubes endividados, esse recurso geralmente é levado pela justiça para abater parte da sua dívida. E não esqueçamos que a renda da bilheteria também é sujeita ao sequestro dos credores!

A despesa anual de um clube estruturado para permanecer na primeira divisão é de (830.000 x 8 + 730.000 x 4) 9.560.000; e a renda das bilheterias em termos anuais é de 72.000 enquanto estiver na série A2 e 2.880.000 na série A1. Ou seja, na série A2 esse time recupera apenas 10% das suas despesas e 30% na série A1.

Conclusão: só com a renda das bilheterias, a contabilidade, definitivamente, não fecha. Precisamos de outra fonte, que nos garanta um rendimento mínimo mensal de 750.000. Lembrando que esse time vai demorar muito tempo para cristalizar o seu nome na mente dos amantes de futebol e chame a atenção dos clubes grandes do país e do exterior a ponto de haver ofertas vantajosas para os jogadores do clube sob contratos de longa duração. E ter nas mãos jogadores que valham bom dinheiro é pura loteria... (E eu nem comecei a pensar nas despesas que uma Categoria de Base demanda...)

------------

A propósito, após escrever este post, resolvi dar uma zanzada na net em busca de algumas informações básicas sobre a contabilidade de um time. E, de cara, encontrei um blog excelente escrito por um executivo de Palmeiras. O blog é Terceira Via Verdão ou 3VV, e acredito que encontrei uma ótima fonte para estudar sobre finanças de um clube de futebol. Em particular, gostei dos artigos com marcadores "Fontes de Rendas" e "Gestão". E até onde li, o artigo O Caso Barça é extremamente informativo e educativo. Guardadas as devidas proporções (o Bracelona é um dos maiores times do mundo!) os fundamentos de um bom gerenciamento são os mesmos tanto para grandes como para pequenos. Acho que falta aos dirigentes dos clubes pequenos brasileiros humildade e disposição para aprender como bom aluno o be-a-bá de uma gestão.

Nenhum comentário:

Agora são...

Links:

Abaixo listo alguns links que visito com freqüência e ou gosto bastante por trazerem informações sempre úteis, críticas e conscientes.

- Cidadania, Política e Consciência Crítica:
. Congresso em Foco: O dia-a-dia do nosso Congresso Nacional;
. Observatório da Imprensa: Olhar crítico sobre a mídia
. Transparência Brasil: Política e políticos sob lente de aumento;
. Deu no Jornal: Banco de dados da corrupção no Brasil;
. Opinião e Notícias: Um jornalismo alternativo, de orientação liberal;
. Montbläat: Um jornalismo independente na net;
. Alberto Dines: Opinião deste isuperável jornalista em blog;
. Escritos Infames: blog do Teócrito Abritta, ambientalista, fotógrafo e escritor;
. Náufrago da Utopia: blog do jornalista Celso Lungaretti, ex-guerrilheiro dos anos de ditadura e eterno combatente das injustiças sociais;
. Humberto Laudares: blog muito lúcido sobre política e economia;
. Direitos Fundamentais: blog do George Marmelstein Lima, focando principalmente a filosofia do direito;

E as leis que devem fazer parte do nosso dia-a-dia:
. Código de Defesa do Consumidor: Lei Federal 8.078;
. Estatuto da Criança e do Adolescente: Lei Federal 8.069
. Estatuto do Idoso: Lei Federal 10.741;
. Lei de Crimes Ambientais: Lei Federal 9.605 (atenção para o artigo 32 que estabelece pena de detenção e multa para maltrato de animais!).

- Meio Ambiente:
. SOS Mata Atlântica: ONG com ações concretas e eficientes para salvar a Mata Atlântica;
. Greenpeace Brasil: ONG bastante atuante na defesa do meio ambiente e animais em perigo de extinção (embora meio fanática e agressiva...);
. Planeta Sustentável: portal de Abril e seus patrocinadores, com artigos e dicas para exercício de cidadania ecologicamente sustável;
. Envolverde: muito bom portal sobre meio ambiente e consciência verde;
. Portal das Energias Renováveis: tudo sobre o mundo da energia;
. Sustentabilidade: ambientalismo focado como negócio.

- Animais de Estimação e Proteção Animal:
. Saúde Animal: bastante útil para começar a entender os nossos animais de estimação e cuidá-los bem (cães, gatos, ferrets, aquarismo, etc);
. ANDA: Agência de Notícias de Direitos Animais - e-jornal em defesa dos animais;
. PEA (Projeto Esperança Animal): OSCIP com site bem detalhado sobre proteção animal e campanhas em todo o território nacional, sediada na Grande São Paulo;
. Beco dos Gatos: tudo sobre gatos, esse fantástico mas injustiçado animal de estimação;
. Gatos do Rio: mais informações sobre gatos, e adoção responsável dos gatos do Rio de Janeiro.
. Adote Um Gatinho: ONG semelhante a Gatos do Rio, porém sediada em São Paulo, SP.

- Culinária:
. Livro de Receitas: um dos sites com maior quantidade de receitas que já vi, para todos os gostos;
. Guia Vegano: receitas, ecologia e proteção animal - tudo num lugar só!
. Receitas Vegan: boas receitas para quem não pretende consumir proteína animal;
. Receita Passo a Passo: blog do Beto, um chef tão caprichoso nos seus posts que é impossível vc errar seguindo as suas receitas, simples mas super saborosas;
. Cantinho Vegetariano: blog da Elaine, onde se encontram excelentes e maravilhosas alternativas culinárias para quem precisa ou deseja deixar de comer carne e derivados.

- Laser, Entretenimento, Conhecimentos Gerais:
. AMG: o mais completo banco de dados sobre música (praticamente todos os estilos internacionalmente conhecidos) - em inglês;
. IMDB: tudo sobre o mundo de cinema - em inglês;
. Observatório: blog de astronomia, com belas fotos do mapa celeste;
. National Geographic: dispensa apresentação; este é original - em inglês;
. SuperInteressante: versão online da revista do mesmo nome;
. É Triste Viver de Humor: blog do Marcelo de Andrade, com charges de humor;
. Terceira Via Verdão: site mantido por torcedores do Palmeiras; eu não sou palmeirense, mas há excelentes artigos sobre o mundo do futebol;
. Futebol & Negócio: blog de vários colaboradores, focando o futebol como indústria do entretenimento.

Ocorreu um erro neste gadget