quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Os limites do politicamente correto

Estava pensando na hipocrisia humana e no pensamento fragmentário que caracteriza a sociedade moderna. Daí, encontrei o artigo com o título acima, e o achei extremamente feliz na sua colocação (leia-se indignação) enfocando justamente uma questão de muito interesse e preocupação meus (meio ambiente) e descrevendo tão bem o que eu penso, que resolvi transcrevê-lo na sua íntegra.

O artigo foi escrito por Teócrito Abritta em 9/12/2008, e publicado no site do Observatório da Imprensa > Caderno da Cidadania.


"
Fui à "V Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária", realizada no Rio de Janeiro, de 26 a 30 de novembro, pelo Incra e pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. Esta feira teve o apoio do estado e da prefeitura do Rio de Janeiro, sendo patrocinada por grandes empresas e organizações como Petrobras, Eletrobrás, BNDES, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Sebrae.

Neste evento, tudo estava indo às mil maravilhas, com agricultores, apicultores, artesãos e outros trabalhadores rurais vindos dos quatro cantos do Brasil, apresentando seus produtos, sempre com a preocupação da sustentabilidade ambiental, até que deparei com crimes contra a natureza sendo praticados à luz do dia. Foi como se a feira de Caxias – sempre tolerada pelas autoridades – tivesse sido transplantada para a Marina da Glória, em pleno Rio de Janeiro, com a exposição e venda de pássaros torturados. Em um dos estandes desta feira de agricultura estavam sendo vendidos dezenas de cocares feitos com penas de arara azul, uma ave silvestre em perigo de extinção (ver Projeto Arara Azul).

Pistolagem científica e cultural

Este crime ambiental era praticado pela Associação Indígena Terena, de Peixoto de Azevedo (MT). Nos estandes do estado de Alagoas também eram comercializados objetos feitos com penas de pássaros, o que é proibido por lei. O mais grave é que estava presente uma das maiores lideranças indígenas nacional – que divide a ocupação de cargos públicos em Brasília com uma suposta representação dos povos da floresta – que justificava o crime ambiental em nome de uma "indenização social", dentro daquele espírito malufista de "estupra, mas não mata", o que aqui não se aplicava, pois em geral as aves são mortas de imediato para não atrapalhar a coleta de suas penas debatendo-se de desespero e dor.

Compareceram a esse evento também os ministros do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, e do Meio Ambiente, Carlos Minc, o que configura um crime de irresponsabilidade por fecharem os olhos às agressões praticadas contra a indefesa fauna silvestre brasileira.

O incrível disto tudo é que a venda de restos de animais em extinção não merecesse uma linha sequer, nem na grande imprensa, nem na imprensa alternativa, contando também com o silêncio de representantes de ONGs ambientalistas que presenciaram este fato. Os populares que protestavam eram ameaçados de agressão pelos expositores ilegais e advertidos por truculentos seguranças que seriam expulsos se não "circulassem".

O desinteresse da grande imprensa com o meio ambiente é compreensível, já que, como diário-oficial do governo, tem dado apoio irrestrito aos grupos da base de sustentação de Lula, que são recompensados com a "licença para desmatar".

Mas a omissão de certas ONGs ambientalistas cheira a certa "pistolagem científica e cultural", parodiando aquela autoridade sabichona que adooora aparecer na imprensa.

Teoria do bom selvagem

Para combater a destruição ambiental no Brasil, é necessário praticar um ambientalismo de resultado, dando os "nomes aos bois". O governo Lula sempre acobertou a rotina de crimes ambientais com uma política de marketing usando certas personalidades bem relacionadas internacionalmente, como Marina Silva – que sobrevive até hoje à custa do assassinato de Chico Mendes – e agora Carlos Minc, que faz a falsa fachada preservacionista de Lula. A eles, tudo é permitido. Diante do desmatamento desenfreado, somente na Amazônia, com o desaparecimento em um ano de uma área florestal de quase 12.000 km2, equivalente a uma área de mais de dez cidades no Rio de Janeiro, Minc apenas afirma, sem qualquer questionamento: "A taxa de derrubada ficou milímetros acima do ano anterior" (sic).

Para Marina Silva, tudo sempre foi tolerado, ainda mais agora que aspira ao governo do Acre e não pode desagradar ninguém com discursos na tribuna do Senado. Depois de passar mais de cinco anos encenando um bla-bla-blá preservacionista, mais de 100.000 km2 de floresta desapareceriam nas mãos dos aliados de Lula. Hoje em dia, como senadora, prefere passar o tempo pregando o criacionismo ou fazendo poesias de gosto duvidoso.

No fundo, esta omissão criminosa daqueles que deveriam estar "esperneando", vem daquelas "fraquezas humanas", como ocupar um carguinho público, ou, quem sabe, uma "colocação" para aquele filho inepto? Criticar quem é bem articulado, também pode arruinar aquele convite para uma palestra em um congresso internacional, com passagens e estadia totalmente pagas. Criticar comportamento de indígenas? De jeito nenhum, pois está além dos limites do estabelecido para o politicamente correto e, afinal de contas, os europeus adoram a teoria do bom selvagem e as suas lideranças bem nutridas, bem vestidas, ostentando em seus pulsos vistosos Rolex, enquanto a "massa indígena" perde a sua cultura, não conhece mais a sua própria língua e definha fisicamente.

É... Parece que muita coisa precisa mudar neste imenso Brasil..."

Nenhum comentário:

Agora são...

Links:

Abaixo listo alguns links que visito com freqüência e ou gosto bastante por trazerem informações sempre úteis, críticas e conscientes.

- Cidadania, Política e Consciência Crítica:
. Congresso em Foco: O dia-a-dia do nosso Congresso Nacional;
. Observatório da Imprensa: Olhar crítico sobre a mídia
. Transparência Brasil: Política e políticos sob lente de aumento;
. Deu no Jornal: Banco de dados da corrupção no Brasil;
. Opinião e Notícias: Um jornalismo alternativo, de orientação liberal;
. Montbläat: Um jornalismo independente na net;
. Alberto Dines: Opinião deste isuperável jornalista em blog;
. Escritos Infames: blog do Teócrito Abritta, ambientalista, fotógrafo e escritor;
. Náufrago da Utopia: blog do jornalista Celso Lungaretti, ex-guerrilheiro dos anos de ditadura e eterno combatente das injustiças sociais;
. Humberto Laudares: blog muito lúcido sobre política e economia;
. Direitos Fundamentais: blog do George Marmelstein Lima, focando principalmente a filosofia do direito;

E as leis que devem fazer parte do nosso dia-a-dia:
. Código de Defesa do Consumidor: Lei Federal 8.078;
. Estatuto da Criança e do Adolescente: Lei Federal 8.069
. Estatuto do Idoso: Lei Federal 10.741;
. Lei de Crimes Ambientais: Lei Federal 9.605 (atenção para o artigo 32 que estabelece pena de detenção e multa para maltrato de animais!).

- Meio Ambiente:
. SOS Mata Atlântica: ONG com ações concretas e eficientes para salvar a Mata Atlântica;
. Greenpeace Brasil: ONG bastante atuante na defesa do meio ambiente e animais em perigo de extinção (embora meio fanática e agressiva...);
. Planeta Sustentável: portal de Abril e seus patrocinadores, com artigos e dicas para exercício de cidadania ecologicamente sustável;
. Envolverde: muito bom portal sobre meio ambiente e consciência verde;
. Portal das Energias Renováveis: tudo sobre o mundo da energia;
. Sustentabilidade: ambientalismo focado como negócio.

- Animais de Estimação e Proteção Animal:
. Saúde Animal: bastante útil para começar a entender os nossos animais de estimação e cuidá-los bem (cães, gatos, ferrets, aquarismo, etc);
. ANDA: Agência de Notícias de Direitos Animais - e-jornal em defesa dos animais;
. PEA (Projeto Esperança Animal): OSCIP com site bem detalhado sobre proteção animal e campanhas em todo o território nacional, sediada na Grande São Paulo;
. Beco dos Gatos: tudo sobre gatos, esse fantástico mas injustiçado animal de estimação;
. Gatos do Rio: mais informações sobre gatos, e adoção responsável dos gatos do Rio de Janeiro.
. Adote Um Gatinho: ONG semelhante a Gatos do Rio, porém sediada em São Paulo, SP.

- Culinária:
. Livro de Receitas: um dos sites com maior quantidade de receitas que já vi, para todos os gostos;
. Guia Vegano: receitas, ecologia e proteção animal - tudo num lugar só!
. Receitas Vegan: boas receitas para quem não pretende consumir proteína animal;
. Receita Passo a Passo: blog do Beto, um chef tão caprichoso nos seus posts que é impossível vc errar seguindo as suas receitas, simples mas super saborosas;
. Cantinho Vegetariano: blog da Elaine, onde se encontram excelentes e maravilhosas alternativas culinárias para quem precisa ou deseja deixar de comer carne e derivados.

- Laser, Entretenimento, Conhecimentos Gerais:
. AMG: o mais completo banco de dados sobre música (praticamente todos os estilos internacionalmente conhecidos) - em inglês;
. IMDB: tudo sobre o mundo de cinema - em inglês;
. Observatório: blog de astronomia, com belas fotos do mapa celeste;
. National Geographic: dispensa apresentação; este é original - em inglês;
. SuperInteressante: versão online da revista do mesmo nome;
. É Triste Viver de Humor: blog do Marcelo de Andrade, com charges de humor;
. Terceira Via Verdão: site mantido por torcedores do Palmeiras; eu não sou palmeirense, mas há excelentes artigos sobre o mundo do futebol;
. Futebol & Negócio: blog de vários colaboradores, focando o futebol como indústria do entretenimento.

Ocorreu um erro neste gadget